Se você tem a pele oleosa assim como eu, sabe a dificuldade que é para não parecer uma frigideira ambulante por ai.
Lavar o rosto várias vezes por dia, usar um combo de produtos específicos para controle da oleosidade não é opção, é obrigatório. Sem contar o surgimento de acnes, que para variar, dão a aparência que a puberdade em quem possui pele oleosa não acaba até os 25 anos, sempre alguma espinha resolve aparecer e dizer oi.

A verdade é que a pele oleosa chama muita atenção. Possuí características como poros dilatados, brilho excessivo e algumas vezes ainda sofre descamação pela falta de hidratação. Na hora da maquiagem existem mil e um cuidados a se tomar: algumas bases conseguem piorar o estado da pele e iluminador deixa a oleosidade ainda mais aparente.

Pensando nisso reuni alguns produtos e ações que podem ajudar quem sofre com esse dilema a ter uma pele mais saudável :

  1. Relaxe: Um dos fatores que desencadeiam a produção de cebo pelas glândulas é o estresse. Tire um tempo para o descanso, leia e relaxe. A saúde vem de dentro para fora.
  2. Argila verde: Confesso que minha vida mudou depois que passei a usar a argila. Comprei ela em pó e faço a mistura com um pouco de água filtrada. É incrível a mudança que ela me proporcionou depois de um mês de uso: além de desinflamar minha pele, diminui em grande escala o surgimento de acne. Hoje posso dizer que ela é minha aliada.
  3. Água: Beba muita água. A água ajuda na hidratação do corpo como um todo, além de limpar o organismo.
  4. Hidrate a pele: A pele oleosa precisa ser hidratada como todos os tipos de pele. Consulte um especialista e descubra qual o produto mais indicado para você: quando a pele não é hidratada o corpo passa a produzir mais cebo para repor a ausência de hidratação.
  5. Alimentação: Já ouviu falar que você é o que você come? Se você consome alimentos muito gordurosos isso vai refletir em todo seu corpo e saúde, inclusive na pele. Tente equilibrar seu cardápio. Não falo por estética, mas por qualidade de vida.
  6. Exposição ao sol: Sim, o sol piora a oleosidade da pele. Isso acontece porque o excesso de calor estimula a produção das glândulas sudoríparas. Caso tenha a necessidade de se expor ao calor, faça isso sempre com proteção para evitar maiores danos a sua saúde. Ande sempre com protetor solar.
  7. Tonifique sua pele: A higiene da pele é muito importante para evitar o aumento de bactérias e inflamações, e o tônico auxilia nesse processo. O produto ajuda a remover as impurezas que o sabonete não conseguiu tirar, além de equilibrar o PH da pele.
  8. Use água termal: Para quem ainda não conhece, a água termal é um produto composto por água tratada que não contém bactérias. Ela tem redução de sódio e elevadas quantidades de minerais. Ajuda a refrescar, hidratar e acalmar a pele.

E o mais importante: procure um especialista. A oleosidade é importante para manter a pele protegida e hidratada, porem, em excesso pode levar a problemas dermatológicos.

Beijos,

Juliana Torres

Compartilhe