Não importa qual mãe você seja: avó-mãe, tia-mãe, mãe adotiva, pai-mãe, mãe de gato, cachorro, mãe de gente…O que realmente importa é o dom que você carrega: o amor incondicional.

Ser mãe é viver um milagre todos os dias. É valorizar cada sorriso, gesto e abraço. É lembrar dos primeiros passos do filho e se emocionar. Sentir saudades quando se ausenta, querer compartilhar todas as boas experiências, como se tivesse a alma dividida com outro alguém.

Mãe de verdade é aquela que cria, se doa, educa, ensina e repreende. Mãe é anjo em forma de gente: é corajosa e sábia. Alguém que doou a própria vida dedicando-a a seu amor maior. Porque mãe protege enquanto é bebe, ensina enquanto é criança, aconselha enquanto adolescente, guia enquanto é adulto e passa cada minuto desde o nascimento do bebê respirando por ele: onde está, como está, como ficaria melhor?

Elas deveriam ser eternas, mas somos a parte delas que restou. Valorize sua rainha, seja tolerante com suas broncas, acate seus conselhos, não questione suas verdades. A vida passa rápido e tudo o que fica é a soma do que plantamos.

Um feliz dia das mães a todas as guerreiras chamadas MÂE.

Juliana Torres.

Compartilhe