Há quem diga que os primeiros anos são os mais difíceis para os casais, visto que a convivência diária traz a tona todos os defeitos, aumenta a intimidade e alguns costumes que antes ficavam escondidos começam a ser revelados. Mas para todo problema existe solução e hoje, na véspera de aniversário de três anos de casada, venho compartilhar com vocês três dicas infalíveis pra tornar a convivência mais fácil e feliz.

  1. Seja flexível: Quando namoramos levamos para o relacionamento apenas aquilo que queremos, quando casamos não é mais assim. Aqueles costumes péssimos que tínhamos durante a vida de solteiro costumam lotar a mala e deixá-los de lado é um tremendo desafio. Agora analise a cena com as bagagens de duas pessoas: complicado não acha? A solução para não sair correndo e evitar discussões desnecessárias é a flexibilidade. Procure ser sincero com seu companheiro sobre suas reais necessidades, explique seu ponto de vista e procure colocar-se no lugar do outro. Dessa forma vocês conseguem equilibrar o ambiente e estabelecer “regras” de convivência que irão ajudar e muito a diminuir os atritos e conservar a paixão.
    CAR_5604
  2. Comunique-se:  Aqui vai uma verdade absoluta: seu companheiro não tem bola de cristal para adivinhar o que você quer. Se você realmente quer que a convivência de certo você precisa aprender a se expressar, não tem outro jeito. Indiretas só atrapalham e trazem frustrações, caretas podem ter mil interpretações e “meias-palavras” são meio caminho andado para uma discussão. Se você não gosta de algo, deixe isso claro para seu cônjuge. Se sente falta de algum programa, expresse-se. Se algo te incomoda chame seu companheiro para um diálogo produtivo. Evite criticas destrutivas: o respeito é a base para qualquer relação.
  3. Sucesso em um relacionamento é fazer seu companheiro feliz: Não adianta ter mil imóveis, ser amado pela família, conquistar a amizade de todos os amigos dele, se seu companheiro não estiver feliz ao seu lado. Quando embarcamos em um relacionamento do tipo “até que a morte os separe” a nossa missão é trazer alegria para nosso parceiro. Quando investimos na satisfação do nosso cônjuge, passamos a influencia-lo com boas ações, estimulando a paixão dentro do relacionamento e consequentemente somos muito mais felizes a dois. Algumas vezes isso significa abrir mão de alguns programas, deixar a razão em segundo plano e investir em ser alguém melhor a cada dia. O resultado é um parceiro realizado e um relacionamento sólido e confiável.

Existem muitos fatores que contribuem para um relacionamento feliz, como criatividade, falar sempre a verdade, respeitar as diferenças etc. Mas isso já é assunto para outro post. Em sua opinião, o que é mais importante em um relacionamento duradouro?

Juliana Torres 

Compartilhe