Quantas vezes reconhecemos nossas lutas? Batalhamos tanto para alcançar metas incessáveis que deixamos de valorizar nossos resultados. A vida vai se transformando em um ciclo infinito de responsabilidades e aos poucos vai perdendo seu real valor: ser feliz, satisfeito e grato acima de tudo.

Só existe uma maneira de alcançar a felicidade plena: aprendendo a agradecer. Quando reconhecemos as pequenas coisas passamos a compreender nossas reais necessidades. Descobrimos que não precisamos de tanto para nos sentirmos bem, deixamos alguns padrões de lado e enxergamos que alguns costumes e pretextos não nos servem mais.

Sabe aquelas desculpas que julgamos necessárias para justificar momentos de tédio e sair de situações desagradáveis? Aos poucos elas deixam de existir. Uma das virtudes da gratidão é saber que sua vida é insubstituível e que você não precisa se esforçar tanto assim para ser aceito.
Tudo começa com um exercício simples pela manhã e antes de dormir: reconhecer apenas as coisas boas do seu dia. Pode parecer bobo demais para ser colocado em prática, mas vou te contar um segredo: aquilo que você ocupa sua mente vai ser o provedor de seus resultados. Quando focamos em coisas boas somos capazes de realizar outras ainda melhores.
É como se os horizontes se abrissem e você passasse a enxergar detalhes que farão toda a diferença. Os problemas ainda estarão lá, porem, não serão mais sua prioridade e ai que acontece a mágica: você deixa de viver ansioso pelas dificuldades e passa a aprender a conquistar seus objetivos. Não sendo mais amedrontado por seus problemas, você consegue deixar o futuro no lugar dele e passa a viver seu presente com mais intensidade. Seus sonhos passam a ter planos e em seus dias começam a brotar os frutos de sua sabedoria.
A gratidão é transformadora, porque ela nos faz enxergar que nada é eterno e tudo se transforma. Soluções são infinitas, assim como as possibilidades. Foque em fazer dar certo, caminhe guiado por seus sonhos e será apenas isso que irá colher.

Juliana Torres 

 

Compartilhe