É difícil encarar nos olhos. Faço cara de boba, sinto vontade de rir e meu olhar acompanha – não consigo disfarçar. É difícil dizer não. Quando ele chega perto só sinto desejo e me permito a entrega. Talvez, eu devesse dizer não algumas vezes. Fazer as coisas do jeito que imagino quando ele não está por perto. Mas a verdade, é que sentimento assim fala mais alto e quando a gente vê já está lá, no abraço em que nos perdemos por inteira e nos encontramos nas batidas de outro coração.

Eu deito na cama e o sono não vem. Fico pensando e imaginando quando o verei outra vez. Será que ele sente a minha falta? Será que ele pensa em mim? Ás vezes, sonho com nós dois. E nesses sonhos encontro verdades que nem eu mesma sei.

E se for amor? Talvez você se eternize em mim. A certeza que fica é que por onde eu for te levo comigo. Quando nossos olhares se cruzam, em cada passo, a cada manhã, cada detalhe e em cada sorriso. Você é a tatuagem do meu coração.

Juliana Torres 

Compartilhe